A Mulher Evely

Do nascimento até os dias de hoje

O começo de tudo

Bom, vou tentar contar brevemente um pouco da minha história. Eu nasci no dia 14 de maio de 1959, no bairro de Pinheiros, em uma família de classe média.  Cresci em um lar cristão e tive uma infância muito feliz e saudável. Deus me deu a graça de ter sido criada por pais maravilhosos, que nos deram toda a base e suporte financeiro e espiritual para a nossa vida – minha e da minha irmã mais nova. Terminei o Ensino Médio e resolvi fazer faculdade de Letras, com habilitação em Tradução e Interpretação. Sempre fui muito estudiosa, dedicada e apaixonada pelos estudos. Fiz cursos de idiomas, artesanato, estudei piano clássico por oito anos, viajei muito e conclui o curso universitário em dezembro de 1981. No finalzinho desse mesmo ano, fomos passar o Natal e o Revéillon no Rio de Janeiro, e na volta, sofremos um terrível acidente automobilístico, que infelizmente vitimou meus pais. Foram momentos dolorosos, difíceis para mim e para minha irmã, mas nunca questionamos a vontade de Deus. Graças a Ele e com a ajuda de nossos amigos e familiares conseguimos atravessar essa fase de nossas vidas. A luta e as dificuldades não foram poucas, mas em tudo e por tudo fomos vencedoras. Meus pais eram muito, mas muito, mas muito unidos, e até na hora da morte, Deus cumpriu a vontade deles: a de  permanecerem inseparáveis para sempre!

Mas, a vida teve que seguir, não é mesmo? Em fevereiro de 1982, eu me formei e logo em seguida comecei a trabalhar e a cuidar das coisas que meus pais  haviam-nos deixado. Minha irmã ficou de cama por quase dois meses por causa das múltiplas fraturas, e, nessa época, o que se deu em casa foi um verdadeiro mutirão de “anjos celestiais” para cuidar dela. As visitas começavam a chegar por volta das oito horas da manhã e só terminavam à meia-noite.  Nunca ficamos sozinhas ou mesmo desamparadas.

E assim, novamente, as coisas foram voltando ao normal. Minha irmã se recuperou plena e totalmente. Eu, dando aulas de inglês em empresas e deixando Deus tomar conta do nosso destino.

Em 1983, conheci meu primeiro, único namorado e meu eterno marido.  Namoramos, noivamos, casamos em aproximadamente um ano e meio.  Assim que voltei da lua-de-mel, logo descobri que estava grávida do meu primeiro filho, que nasceu no dia 2 de fevereiro de 1984. Esse moço que se chama Daniel (sim, quis fazer uma homenagem ao meu pai), está com 28 anos, e a minha  filha, a Andressa, que nasceu em 06 de julho de 1988, tem 25 anos.  Não preciso nem dizer que são lindos e maravilhosos, né?  (rs) Duas bênçãos supremas em nossas vidas.

E ai, o tempo passou, passou, e cá estou eu, com quase 30 anos de casada, feliz, vivendo cada dia a sua maneira, cuidando da família, da casa, trabalhando (amo minha profissão: revisar, traduzir, transcrever e lecionar) passando por dificuldades, lutas, problemas (como todo mundo),  mas em todas, sendo vencedora, pois Deus prometeu estar comigo e com a minha família em todos os dias da minha vida sem me desemparar um só instante.

Amadureci, cresci, aprendi, sofri, chorei, sorri,” menopausei”, mas estou vivendo uma fase maravilhosa, pois sei o que quero e até onde posso e vou chegar.  Hoje, como li em outro blog, sou CEO das minhas atividades domésticas e das maternas  e muito segura de mim, tendo como companheiro um homem maravilhoso que Deus me deu como esposo, excelente pai e chefe de família, e com meus dois filhos muito amados, que já estão formados, trabalhando e seguindo a vida deles.

Minha irmã também se casou e constitui uma linda e abençoada família. Teve duas filhas, que são as minhas sobrinhas prediletas (rs).

Era isso que eu tinha a dizer sobre mim, e é por esse motivo que eu decidi escrever um blog, para estar um pouquinho mais perto de vocês, conhecer outras pessoas, fazer novas amizades, compartilhar conhecimento e experiências da mulher, dona de casa, esposa, mãe e profissional Evely Solange.  Enfim, mostrar que sou uma pessoa normal como todas vocês, ou seja, como todas as mulheres nossas de cada dia.

Meu motivo maior de viver!

Meu motivo maior de viver!

Anúncios

2 pensamentos sobre “A Mulher Evely

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s